Adeus SEDA 2011, até 2012!

Para finalizar o Blog idealizado pela equipe de produção da SEDA São Carlos e produzido pela cobertura colaborativa da mesma, foi realizado um vídeo colaborativo de tudo que aconteceu na aqui em Sanca durante a Semana do Audiovisual.

A Seda reuniu dezenas de produtores, realizadores, agentes e interessados em audiovisual de todas as regiões do Brasil. Oficinas, mostras, debates e intervenções rechearam a semana rodeada por questões da produção, exibição e distruibuição do cinema.

A equipe da SEDA agradece a todos pela participação e apoio!

Ano que vem tem mais! Aguarde!

Texto: Equipe SEDA Sanca
Vídeo: Cobertura Colabortiva

E os Marcianos também participaram da #SEDASanca!

Pra quem não sabe, aqui no Massa Coletivo trabalhamos com o Sistema Marciano de Trocas, e nossa moeda social é o Marciano. Através desse sistema é que sistematizamos nossas trocas com nossos parceiros e colaboradores. E durante a Seda conseguimos viabilizar um plano de atuação do Sistema Marciano de Trocas, com a colaboração da Mariana Martins do Festival Contato. Conseguimos apoio com o Restaurante São Carlos, que fica muitp próximo a Sede do Massa Coletiva, com que negociamos um apoio de R$200,00 a serem gastos em Marcianos em troca de cotas de divulgação. O Lual Lanches (também aqui do lado!) participou também aceitando a moeda. embora ao fim do evento tenhamos trocado por reais. Os estabelecimentos ficaram muito satisfeitos, e como contrapartida inserimos os logos em nosso material de divulgação.

Marcianos

Continuar lendo

SEDA Sanca 2011 se encerra em Chamas!

Para fechar com chave de ouro a primeira Semana do Audiovisual de São Carlos, tivemos na Quarta-Feira dia 23 de Agosto a SEDA em Chamas, uma intervenção em praça pública com sons e imagens produzidos e manipulados ao vivo. O planejamento e execução do evento ficou por conta de artistas convidados da SEDA Sanca: contamos com a participacao de Noisy Loops, que ministrou a oficina de Controladores Digitais, a artista multimidia Carou Araujo, VJ Ocari (um dos produtores da SEDA) e com o DJ Youngman.

Além dos convidados, o ato teve tanbém a presença de alunos que se inscreveram na oficina, onde foram planejados os detalhes da intervenção, e da sede do Aparelho Coletivo járumaram por volta das 20h para a praça Coronel Salles, localizada no centro da cidade. As luzes já estavam apagadas e com uma rápida montagem, o resultado prendeu a atenção tanto do público que compareceu para ver o evento quanto das pessoas que por ali passavam quando o ambiente de psicodelia tomou o local. Continuar lendo